É melhor criar um site ou uma página no Facebook?

Conheça as principais diferenças entre ter um site próprio e uma página no Facebook, e por que é importante para sua empresa ter os dois.

Uma dúvida recorrente que ouvimos dos nossos clientes é: “Já tenho uma página no Facebook. Tenho que criar um site também? Não é a mesma coisa?”

Se pensarmos em presença digital para uma empresa que está começando, criar um site ou uma página no Facebook já é um primeiro passo. Mas, respondendo à pergunta acima, Fanpage e website são ferramentas completamente diferentes.

Fazendo um paralelo com uma loja física, podemos entender o website como sua “porta aberta” no mundo digital. A partir dele, sua empresa passa a existir e ter credibilidade. Na era digital em que vivemos, uma empresa que não possui um website pode gerar desconfiança sobre sua real existência e a qualidade de seus produtos e serviços.

Já as redes sociais, independente da sua empresa ter uma página no Facebook, perfil no Instagram ou Company Page no Linkedin, funcionam como canais de relacionamento com possíveis clientes. Como elas possuem muitas informações sobre o comportamento das pessoas, se tornaram ótimas ferramentas de segmentação, atração e comunicação com quem quer que seja seu público-alvo.

Resumindo: seu site é o marco zero da sua empresa na internet, e sua página no Facebook é um canal de relacionamento com seus possíveis clientes. Conseguiu entender a diferença?

Um ponto importante que vale a pena destacar é que o seu site, como o próprio termo diz, é seu. Todo o conteúdo nele publicado é de sua propriedade. Já as redes sociais, são ferramentas de terceiros. Imagine que, por algum motivo, Mark Zuckerberg decida fechar o Facebook na semana que vem (lembra do Orkut?). Percebe que tudo que você tiver produzido e compartilhado por lá será perdido? Por isso, nunca é bom deixar sua empresa refém de plataformas que você não controla. Aproveite ao máximo o que elas têm a oferecer, mas tenha sempre outras opções.

Presença digital, Google e SEO

Além do que já citamos acima, uma importante função do seu site é divulgar sua empresa através da internet. É através dele que os mecanismos de busca, principalmente o Google, encontram e exibem seu conteúdo para quem estiver procurando por ele. Mas isso não é tão simples assim.

Antes de falarmos sobre otimizações e SEO, é importante que você entenda a função dos mecanismos de busca: quando você faz uma pesquisa no Google, por exemplo, o objetivo principal dele é exibir o melhor resultado sobre o que você está buscando, no menor tempo possível. Para isso, o Google utiliza diversas métricas para escolher o que será exibido em primeiro lugar. Vale lembrar que aqui não estamos falando sobre anúncios pagos e sim sobre busca orgânica.

Search Engine Optimization (SEO)

Agora que você já sabe a função dos mecanismos de busca, deve estar se perguntando: e como eu faço para que o Google exiba meu site nas primeiras posições? É aí que entra o trabalho de SEO (Search Engine Optimization).

o Google leva em conta diversas métricas para ranquear um site e considerá-lo bom ou ruim. Entre elas:

  • Definição de palavras ou termos-chave
  • Qualidade dos títulos, subtítulos e meta descriptions
  • Qualidade e veracidade do conteúdo
  • Formatação do conteúdo
  • Quantidade de acessos do site
  • Quantidade de sites que apontam para o seu conteúdo
  • Quantidade e qualidade dos links externos
  • Estrutura do site
  • Tempo em que o site está no ar
  • Velocidade de abertura do site
  • Peso das imagens
  • Responsividade
  • Usabilidade

Essas são apenas algumas das métricas. E o trabalho de SEO consiste em otimizá-las da melhor forma possível. Nos próximos artigos abordaremos cada uma delas de maneira mais aprofundada.

Voltando à questão central desta parte do texto, um site bem otimizado aumenta as chances de ser encontrado pelo Google que, por sua vez, irá exibi-lo para um número maior de pessoas, aumentando assim a presença digital da sua empresa. Portanto, se tiver que priorizar entre ter um site ou uma página no Facebook, inicie pelo site.

E o Facebook e outras mídias sociais?

Conforme falamos no início do texto, as mídias sociais são canais de relacionamento com seu possível cliente. E elas possuem diversas ferramentas para essa função. Postagens, anúncios, formulários, rede de contatos, grupos, Stories, mensagens, eventos, vídeos, compartilhamentos, interações, “directs”, álbum de fotos, entre tantas outras.

Portanto, vale a pena usar e abusar de tudo que as redes sociais oferecem. Quanto mais próxima sua empresa estiver das pessoas, mas relevância você terá para elas. E de quebra, pode direcioná-las para um artigo do seu blog, por exemplo, e aumentar o tráfego do seu site com pessoas que realmente estão interessadas no que você tem a dizer.

Grupos Smartweb – Desenvolvimento personalizado de Websites

Conte com a experiência, competência e agilidade de uma empresa estabelecida há mais de 3 anos. 

WhatsApp:  16 99765-8110

E-mail: [email protected]